O NOVO LIVRO DO JOHN GREEN: Tartarugas até lá embaixo

segunda-feira, 9 de abril de 2018



" E a questão é que, quando a gente perde alguém, a gente se dá conta de que no fim vai perder todo mundo."

Página 81

O novo livro do John Green superou todas as  expectativas que eu poderia ter criado em torno dessa nova narrativa, porque após 6 anos sem nenhuma publicação e a completa dedicação à esse livro, recebemos não só uma história comum, mas um retrato pessoal e que nos toca de maneira grandiosa.

Tartarugas até lá embaixo vai trazer Aza Holmes como protagonista, e já posso garantir que ela é uma protagonista incrível, muito bem construída e cheia de camadas que descobrimos a cada página virada, Aza tem transtorno obsessivo-compulsivo (TOC) e esse é o tema central do livro: como nossa protagonista lida com a doença, ao mesmo tempo em que relacionamentos são construídos e várias situações vão sendo colocadas em jogo.

O livro é cheio de pequenos temas e reflexões que nos fazem pensar por dias na história. Perda e dor, são temas presentes, e vemos como a protagonista e outros personagens lidam com a morte, a saudade e a impotência em situações que estão longe de nosso controle. 
A doença é o tema central, e foi muito importante ler essa história e conhecer algo que eu nunca tinha lido, e poder entender uma pequena parcela sobre o que essas pessoas sofrem e como é difícil lidar com as situações que suas mentes são colocadas.


" Estar vivo é sentir saudade."

Página 262


Tenho meus livros favoritos do autor, e esse entrou para a lista, mas sinto que é um livro diferente, e mais do que isso, ele é necessário. Além da narrativa fluída, dos personagens bem construídos e de reflexões incríveis, o livro é especial porque é pessoal para o autor. Ele tão sofre com a doença e com ansiedade, e por isso conseguimos ver com clareza como o livro é real e verdadeiro, imagino que tenha sido muito difícil, mas ao mesmo tempo especial ter dado vida à essa história.

Saúde mental não é brincadeira. Ansiedade não é bobeira e precisamos saber que essas doenças têm tratamentos, que há esperança e chances de uma vida melhor para pessoas que sofrem  de doenças mentais. 

Fica então minha recomendação de um livro forte e necessário, se você nunca leu algo do tema, e que quer entender a importância, esse é o livro certo. 

Nenhum comentário

Postar um comentário