LEITURAS DE FEVEREIRO- 2018

sexta-feira, 2 de março de 2018



Março começou, então é hora de conversar um pouquinho sobre as leituras que fiz no mês de Fevereiro. Foi um mês bem produtivo, consegui ler sete livros e um conto, todos bem variados! Tive algumas decepções e na verdade não foi um mês de grandes leituras, mas todas foram válidas. :D


DOCE PERDÃO- Lori Nelson Spielman

Esse livro fez meu mês começar muito bem e na verdade foi um dos meus favoritos. Carregando uma mensagem de perdão e recomeços, acompanhamos a protagonista Hannah Farr descobrir que às vezes tudo o que precisamos é nos perdoar. Com uma narrativa fluida e tocante, o livro traz mensagens muito importantes que nos conquista a cada página virada. Além da história principal, a autora foi genial em colocar pequenas histórias ao longo do livro que ajudaram na construção da narrativa e tornaram o livro ainda mais especial. Recomendo muito, assim como o outro livro da autora A Lista de Brett, sendo este uma pegada mais divertida da autora.


THE BEAUTY OF DARKNESS- Mary E. Pearson

A finalização da série Crônicas de Amor e Ódio foi cheia de falhas e uma decepção para um livro que seria o fechamento da história. A autora não conseguiu  conduzir a narrativa de forma inteligente, escolhendo deixar metade do livro com uma leitura cansativa e cenas desnecessárias, as últimas 100 páginas compensam um pouco, mas mesmo assim não foi satisfatório. Contudo, continuo tendo um carinho enorme pela história e recomendo!


A REVOLUÇÃO DOS BICHOS- George Orwell 

Meu clássico do mês não me conquistou tanto assim, 1984 foi o meu favorito do autor até agora,  mas mesmo assim, ainda é uma sátira fantástica e uma grande denúncia ao totalitarismo.


A HISTÓRIA DE NÓS DOIS- Dani Atkins

Talvez minha grande decepção do mês porque as expectativas estavam altas para esse romance! O livro começou muito bem, e as 70 primeiras páginas me tiraram o chão e me conquistaram de forma louca e eu realmente achei que seria uma leitura incrível, mas ao longo da história, achei que a autora foi se perdendo e mostrando uma história sem diferencial algum. O primeiro livro que li da autora, Uma Curva no Tempo, é tão diferente e genial que achei que esse teria o mesmo formato e artifícios, mas não foi. 
A cada página, toda a relação que eu tinha estabelecido com os personagens, foi se desconstruindo até quase não sobrar nada. Gostei do final, acho que salvou o livro, mas infelizmente, não gostei tanto assim.


REUNIÃO- Meg Cabot

Terceiro livro da série A Mediadora me fez entender o porquê as pessoas gostam tanto da história. Os dois primeiros livros foram bem chatinhos e nada realmente me chamou a atenção, mas esse foi muito divertido e rápido de ler, tanto que assim que terminei já queria emendar no próximo. Amo as tiradas da Sussy e não vejo a hora de descobrir o que vai acontecer com nossa mediadora ( e claro, nosso fantasma Jesse).


O OBSTINADO AMOR DE DEUS- Brennan Manning

Meu livro cristão do mês foi muito especial, ainda  mais por causa desse tema tão importante. O livro é cheio de versículos e reflexões acerca do amor de Deus, que nos faz entender um pouco mais a profundidade de tudo o que Ele fez por nós. Já gostei muito da escrita do autor, embora não seja poética como a de Max Lucado, é uma narrativa especial e com certeza vou querer ler outros títulos.


PARA CADA INFINITO- Victor Almeida

Acompanho o canal do Victor e adoro seus vídeos, e já gostei muito da escrita dele através desse conto. Ele tem uma narrativa muito fluída e tocante em várias partes, embora eu não leia muito sobre a temática e segmento que ele escolheu escrever, achei que ele conseguiu construir a história de uma forma doce  e tranquila. Curti bastante.


JOYLAND- Stephen King 

Meu primeiro contato com o rei do Terror foi incrível, sem dúvida alguma minha última leitura de fevereiro também foi a minha favorita. Joyland é incrível! Adorei o personagem principal e seus dilemas, o suspense foi muito bem construído e a escrita é viciante, sem contar que além de saber construir muito bem uma tensão e adrenalina em uma cena, ele também soube construir cenas extremamente tristes! Como pode isso minha gente?
Recomendo muito e a partir de agora quero ler tudo do autor! Sei que esse é um livro bem mais tranquilo no quesito terror, pois na verdade, as cenas de "sustos" são em uma medida pequena, mas mesmo assim quero devorar qualquer livro, e ao longo do ano, vocês verão alguns livros do autor.



E fim! Conta pra mim quais foram as leituras de vocês, os favoritos e o que pretendem ler em Março, espero que tenham gostado das indicações. <3

Nenhum comentário

Postar um comentário