RESENHA: Uma Pitada de Amor

quarta-feira, 1 de março de 2017



Sinopse (Skoob): Uma aspirante a cozinheira em um programa de TV. Um jurado muito atraente. Um amor proibido.
Quando Zoe Harper conquista uma cobiçada vaga em um reality show de culinária, ela mal pode esperar para pôr suas habilidades à prova. Sua principal motivação é o prêmio em dinheiro: um valor que certamente a ajudaria a abrir sua tão sonhada delicatéssen.
No entanto, ela logo percebe que a competição vai muito além da cozinha. Cher, outra concorrente, está disposta a tudo para ganhar, incluindo jogar seu charme para cima dos jurados. E as coisas se complicam ainda mais quando Zoe percebe que está se apaixonando por um deles: o incrivelmente sexy Gideon Irving. Com tudo o que está em risco, os dois têm muito a perder caso se envolvam, algo que parece cada vez mais inevitável.
De repente, Zoe percebe que há mais em jogo do que apenas canapés, cupcakes e técnicas de corte. Uma pitada de amor é um livro engraçado e doce na medida certa.

" Amor é quando você não consegue pensar na vida sem aquela pessoa, quando você pensa nela de maneira obsessiva, quando você cortaria alegremente o braço fora, sem pensar muito a respeito, se fosse beneficiá-la de alguma maneira..."

Posição 6121 (Kindle)

Uma Pitada de Amor foi a minha primeira leitura de 2017 e que por mais que tenha defeitos e eu não tenha amado, é um livro que vale a pena a leitura e a recomendação.

Eu adoro Master Chef, e é nessa pegada que o livro gira em torno, o que é bem inovador, porque nunca tinha lido um livro desse jeito, e talvez esse tenha sido o motivo de eu ter aproveitado a leitura. O livro é bem leve, e em diversas vezes você vai rir com o que acontece, sem contar que a escrita é bem fluída também e te proporciona um ritmo bom de leitora.

E ai você me pergunta qual é o defeito do livro, e eu tristemente respondo que é o romance desenvolvido, que na verdade não é nada desenvolvido. Falta interação do casal principal, e por isso não consegui acreditar no amor deles e isso foi um grande problema, porque se a autora tivesse conseguido fazer essa parte ser importante, o livro teria sido perfeito.

Tirando esse detalhe, que fez toda a diferença, o livro é bem gostoso de ser lido, e fica minha recomendação, principalmente se você curte programas de culinária.

Beijos!

Nenhum comentário

Postar um comentário