Crônica: LEALDADE

terça-feira, 27 de setembro de 2016


Nossa vida é cheia de planos. Nascemos, crescemos, morremos. E em todas essas fases, os planos nos acompanham.

Faço planos todos os dias, planos bonitos, sinceros, bons. Planos que guardo com carinho. Mas, a vida é absurdamente real, e muitas vezes, já te alerto, tudo vai mudar.

Calma, não fica assustado, eu já fiquei e sei que não adianta.O segredo é abraçar esses novos planos, e amá-los com mais força ainda. Não vai ser fácil, nada é. Tudo que vale a pena ser conquistado é difícil. A caminhada vai ser longa, você vai querer desistir, mas por favor, não desista. Nunca. Nunca desista. Seja forte. Erga a cabeça e siga e frente. E então, repita:

Serei leal, mesmo quando não quiser ser. Serei leal quando a chuva bater na janela, e também nos dias de sol. Serei leal, mesmo quando a saudade bater. Serei leal, mesmo se o mundo não for.

Acreditarei, mesmo se ninguém acreditar. Acreditarei até quando você não acreditar. Acreditarei, mesmo se eu cair. Acreditarei até o fim.

Nenhum comentário

Postar um comentário