Resenha: Como eu era antes de você: Filme

segunda-feira, 20 de junho de 2016


Sinopse: Rico e bem sucedido, Will (Sam Claflin) leva uma vida repleta de conquistas, viagens e esportes radicais até ser atingido por uma moto, ao atravessar a rua em um dia chuvoso. O acidente o torna tetraplégico, obrigando-o a permanecer em uma cadeira de rodas. A situação o torna depressivo e extremamente cínico, para a preocupação de seus pais (Janet McTeer e Charles Dance). É neste contexto que Louisa Clark (Emilia Clarke) é contratada para cuidar de Will. De origem modesta, com dificuldades financeiras e sem grandes aspirações na vida, ela faz o possível para melhorar o estado de espírito de Will e, aos poucos, acaba se envolvendo com ele.


Como leitora e admiradora de histórias de amor, adoro quando livros como este são adaptados para o cinema. Para quem não sabe, Como eu era antes de você, é uma obra ( maravilhosa), da autora Jojo Moyes, que além desse, é autora de vários outros livros best sellers no mundo todo. E este é um dos livros de mais sucesso e o primeiro a ter uma adaptação cinematográfica.

Li o livro o ano passado e me apaixonei pela história, mensagem e profundidade que o livro tem. Ele é mais uma daquelas histórias, que nos faz ficar pensando longos dias e que de alguma maneira, muda a forma como agimos e enxergamos o mundo. Foi bem especial na época que li, e eu não poderia estar mais animada com o filme.

Ontem fui assistir ao filme e confesso que me emocionei bastante, porque a mensagem que eu recebi a mais de um ano atrás quando li o livro, foi a mesma mensagem que eu encontrei no filme. Aquele sentimento de viver a vida intensamente e com amor, de aproveitar cada minuto sempre, e saber respeitar as escolhas dos outros, tudo isso estava presente e deu ao filme o mesmo tom do livro.

Embora, para quem leu o livro, conseguir captar todas essas mensagens, o filme tem um " QUÊ" de humor que no livro não é tão presente, mas que combinou muito com o filme, porque acho que se encaixa melhor com a dinâmica do cinema, bem mais do que um drama mais pesado, que é o que encontramos no livro. Por isso, o filme é muito engraçado, mas ao mesmo tempo, tem seus rastros de emoção.

A Lou está incrível!!! Emilia arrasou nesse papel, e trouxe à vida uma Lou exatamente igual ao do livro. O Sam também está com o mesmo tom, sarcástico, irônico e muito romântico. Os personagens estão, sem sombra de dúvidas, muito bem representados pelos atores.

Mas, como toda adaptação, senti falta de algumas coisas e outras e não ficaram tão claras assim. Fez muita falta, abordar o passado da Lou, que no livro é tão intenso e nos faz admirá-la ainda mais por sua coragem em seguir em frente.

O papel do namorado da Lou, também ficou a desejar. No livro, conseguimos captar muito bem, como ele é egoísta, excêntrico e não se importa com a Lou, porém no filme, isso não fica tão claro, e consegui durante o filme até sentir pena dele. Essas duas coisas, foram o ponto alto de crítica o filme, porque as demais coisas, estão mais que perfeitas.

Sem contar a trilha sonora que está MARAVILHOSA!!

Para quem leu e ainda não assistiu, vale muito a pena, corre, compra o ingresso, uma caixa de lenços, e vai ver essa adaptação! E, para aqueles que por algum motivo, muito absurdo por sinal, não leu o livro, CORRE, compra o livro, e depois confira essa belezura nas telonas. *--*

Beijos, até mais :D

Nenhum comentário

Postar um comentário