Resenha: Eleanor & Park

terça-feira, 24 de maio de 2016


Sinopse (Skoob): Eleanor & Park é engraçado, triste, sarcástico, sincero e, acima de tudo, geek. Os personagens que dão título ao livro são dois jovens vizinhos de dezesseis anos. Park, descendente de coreanos e apaixonado por música e quadrinhos, não chega exatamente a ser popular, mas consegue não ser incomodado pelos colegas de escola. Eleanor, ruiva, sempre vestida com roupas estranhas e “grande” (ela pensa em si própria como gorda), é a filha mais velha de uma problemática família. Os dois se encontram no ônibus escolar todos os dias. Apesar de uma certa relutância no início, começam a conversar, enquanto dividem os quadrinhos de X-Men e Watchmen. E nem a tiração de sarro dos amigos e a desaprovação da família impede que Eleanor e Park se apaixonem, ao som de The Cure e Smiths. Esta é uma história sobre o primeiro amor, sobre como ele é invariavelmente intenso e quase sempre fadado a quebrar corações. Um amor que faz você se sentir desesperado e esperançoso ao mesmo tempo.
"Porque as pessoas querem se lembrar de como é ser jovem? E estar apaixonado?"
Página 49
Não sei bem o que pensar desse livro. Quando comecei a ler, imaginei que seria um romance fofo, que eu me apaixonaria. Mas foi mais. Bem mais.

Como vimos na sinopse, o livro conta a história de como Eleanor e Park se conheceram, e como nasce esse amor. Ao longo da história, vamos conhecendo os personagens e seus conflitos, já que o livro é narrado na visão dos dois, alternando nos capítulos, o que fez o livro ficar muito completo, no sentimento de entender o que ela sentia e o que ele sentia.

A escrita da Rainbow é muito singela, e o livro é muito delicado. Essa delicadeza e pureza com que acontecem as coisas, faz com que nos identifiquemos com a história, e mergulhamos nos dramas dos personagens....
" Porque não importa para mim, Park. Se você gostar de mim

- ela disse-, eu juro por Deus, nada mais importa."


Página 139
Acho que quando lemos histórias como essa, mudamos muitas coisas dentro de nós, pelo menos é assim que funciona comigo. E esse livro é assim, ele é tão objetivo, mas ao mesmo tempo tão profundo. Me vi sorrindo,sentindo raiva, desespero. E me apaixonei pelos personagens, porque eles não só representaram aquela história, mas ás vezes representava a minha. O que eu penso, o que eu sinto, ou já vivi, e isso como leitora é muito precioso.


Recomendo Eleanor & Park, não só por ser um romance super fofo e muito bem escrito, mas porque você com certeza vai se identificar, e isso vai fazer você querer aproveitar a sua vida com mais intensidade. Como um jovem que se apaixona lento e inesgotavelmente...

" Havia no mundo lugar tão horrível aonde ela não iria para ficar com ele?"

Página 162
Era isso gente, espero que tenham gostado e que sigam minha dica ;) Até mais!

Nenhum comentário

Postar um comentário