Especial: A Seleção

terça-feira, 31 de maio de 2016



Sinopse (Skoob): Para trinta e cinco garotas, A Seleção é a chance de uma vida. É a oportunidade de ser alçada a um mundo de vestidos deslumbrantes e joias valiosas. De morar em um palácio, conquistar o coração do belo príncipe Maxon e um dia ser a rainha. Para America Singer, no entanto, estar entre as selecionadas é um pesadelo. Significa deixar para trás o rapaz que ama, abandonar sua família e seu lar para entrar em uma disputa ferrenha por uma coroa que ela não quer e viver em um palácio sob a ameaça constante de ataques rebeldes. Então, America conhece pessoalmente o príncipe e percebe que a vida com que sempre sonhou talvez não seja nada comparada ao futuro que nunca tinha ousado imaginar.

Resolvi criar aqui para o blog, um novo formato de post, que serão os Especiais. Trarei não uma resenha, mas minhas impressões sobre séries que por fim acabei de ler.

E é claro, que vou começar pela minha série mais querida <3

A Seleção foi a primeira série que li, depois que comecei a ser uma leitora voraz. Descobri esse universo e me lembro que logo nas primeiras páginas, já me apaixonei pelo mundo e pelos personagens.

Acredito que o primeiro livro da série, foi o que eu mais dei risada e me diverti com a América, ela é uma protagonista espirituosa e totalmente amável. Me apaguei muito fácil com ela e seus conflitos.

A Elite é meu livro favorito, e tenho um carinho muito especial por ele. Porque em uma cena específica, que é muito importante e impactante, foi a primeira vez que senti algo lendo um livro, meu coração acelerou e parecia que eu estava lá, sentindo a emoção do momento, sentido pela primeira vez empatia pelos personagens. Foi incrível e eu nunca vou esquecer a sensação que tive lendo essa cena naquela manhã.

Ahh, e não posso esquecer que por mais que esse seja o meu favorito da série, a América é a protagonista mais confusa da face da terra, haha.

A Escolha veio como um conto de fadas, lembro que comprei os três livros juntos, e li todos em seguida do outro, com muita rapidez, porque todos nós sabemos que a escrita da Kiera é incrível.

Adorei a conclusão dessa primeira parte da série, foi perfeito em todos os aspectos e eu não me decepcionei com nada no final. Na verdade, foi mais do que esperava, saí completamente apaixonada. <3

Eu amo A Seleção, porque ela me ensinou muitas coisas, além de ter me despertado para as séries. Incrivelmente delicada e voraz ao mesmo tempo, e eu espero ansiosamente pelo filme.

A Herdeira e A Coroa, são os últimos livros da série e narrados pela filha da América, e por mais que tenha um carinho enorme pela série, essa segunda parte não foi como esperei. Tinha muitas expectativas, porque não estava pronta para abandonar aquele mundo, mas a Eadlyn não é uma protagonista amável como a América, e foi difícil ter o mesmo amor por ela. Então esses últimos dois livros foram para matar a saudade do mundo, e vários personagens, mas para mim eles tiveram muitos problemas que me desagradaram ao longo da história.

Com isso, por favor, para quem não leu: LEIA! Vale muito a pena, e com certeza você vai virar mais um fã dessa série que está em meu coração. <3


" - Você chamou todas de “minha querida”? - perguntei, voltando o rosto para o resto do salão.
- Sim, e todas parecem ter gostado.
- É exatamente por isso que eu não gostei."

Resenha: Eleanor & Park

terça-feira, 24 de maio de 2016


Sinopse (Skoob): Eleanor & Park é engraçado, triste, sarcástico, sincero e, acima de tudo, geek. Os personagens que dão título ao livro são dois jovens vizinhos de dezesseis anos. Park, descendente de coreanos e apaixonado por música e quadrinhos, não chega exatamente a ser popular, mas consegue não ser incomodado pelos colegas de escola. Eleanor, ruiva, sempre vestida com roupas estranhas e “grande” (ela pensa em si própria como gorda), é a filha mais velha de uma problemática família. Os dois se encontram no ônibus escolar todos os dias. Apesar de uma certa relutância no início, começam a conversar, enquanto dividem os quadrinhos de X-Men e Watchmen. E nem a tiração de sarro dos amigos e a desaprovação da família impede que Eleanor e Park se apaixonem, ao som de The Cure e Smiths. Esta é uma história sobre o primeiro amor, sobre como ele é invariavelmente intenso e quase sempre fadado a quebrar corações. Um amor que faz você se sentir desesperado e esperançoso ao mesmo tempo.
"Porque as pessoas querem se lembrar de como é ser jovem? E estar apaixonado?"
Página 49
Não sei bem o que pensar desse livro. Quando comecei a ler, imaginei que seria um romance fofo, que eu me apaixonaria. Mas foi mais. Bem mais.

Como vimos na sinopse, o livro conta a história de como Eleanor e Park se conheceram, e como nasce esse amor. Ao longo da história, vamos conhecendo os personagens e seus conflitos, já que o livro é narrado na visão dos dois, alternando nos capítulos, o que fez o livro ficar muito completo, no sentimento de entender o que ela sentia e o que ele sentia.

A escrita da Rainbow é muito singela, e o livro é muito delicado. Essa delicadeza e pureza com que acontecem as coisas, faz com que nos identifiquemos com a história, e mergulhamos nos dramas dos personagens....
" Porque não importa para mim, Park. Se você gostar de mim

- ela disse-, eu juro por Deus, nada mais importa."


Página 139
Acho que quando lemos histórias como essa, mudamos muitas coisas dentro de nós, pelo menos é assim que funciona comigo. E esse livro é assim, ele é tão objetivo, mas ao mesmo tempo tão profundo. Me vi sorrindo,sentindo raiva, desespero. E me apaixonei pelos personagens, porque eles não só representaram aquela história, mas ás vezes representava a minha. O que eu penso, o que eu sinto, ou já vivi, e isso como leitora é muito precioso.


Recomendo Eleanor & Park, não só por ser um romance super fofo e muito bem escrito, mas porque você com certeza vai se identificar, e isso vai fazer você querer aproveitar a sua vida com mais intensidade. Como um jovem que se apaixona lento e inesgotavelmente...

" Havia no mundo lugar tão horrível aonde ela não iria para ficar com ele?"

Página 162
Era isso gente, espero que tenham gostado e que sigam minha dica ;) Até mais!

Top 5: Fatos sobre mim

quinta-feira, 19 de maio de 2016


Hoje resolvi trazer um post um pouco mais pessoal, acho que é legal quando conhecemos as pessoas, o que elas gostam. Isso aproxima :). Então, espero que vocês gostem dos 5 fatos que escolhi para falar sobre mim.


1- SOU ROMÂNTICA:

Sim, acho que depois que uma pessoa me conhece pessoalmente, ela já consegue perceber como eu sou romântica e tudo mais. Isso, é algo muito forte em mim, e já acabou virando uma marca, que eu particularmente amo! <3


2- FAÇO LETRAS- LICENCIATURA EM PORTUGUÊS:

Acho que já comentei em alguns posts, mas nunca dei mais detalhes sobre o meu curso. Adoro o curso que escolhi, e acho que foi uma das melhores escolhas que fiz na minha vida. Estou no 3º semestre, e continuo completamente apaixonada!


3- SOU VICIADA EM VÍDEOS DO YOUTUBE SOBRE LIVROS:

Respiro vídeos que falam sobre livros. Acompanho vários booktubers ( tenho meus favoritos), semanalmente, e basicamente o dia todo, quando tenho internet, estou vendo vídeos HAHA. Sou bem viciada...


4- EU DANÇO:

Desde pequena eu faço Ballet, Jazz e Contemporâneo, e até hoje eu danço. Sou apaixonada por isso, é algo que me acalma, e que me faz feliz, algo que realmente faz parte de mim, e que é nesse momento que posso expressar quem eu sou :)


5- ESTOU NOIVA:

Fiquei noiva em Agosto do ano passado <3 É uma fase de mudanças, e novos planos, onde esperamos e construímos muitas coisas. Tenho curtido muito essa fase, e com certeza ao longo do tempo, até chegar o ' Grande Dia ', compartilharei com vocês ;)


E ai gente, gostaram? Se quiserem mais posts assim, falando coisas mais pessoais, deixem ai nos comentários, que assim me organizo para fazer de novo.
Beijos, até mais<3

Tag: Com certeza deveria

terça-feira, 17 de maio de 2016

Oi gente, tudo bem com vocês? Hoje trago uma tag super divertida, que vi no canal da Pam Gonçalves :) Espero que gostem!


1. Com certeza deveria ter uma continuação:


Eu adorei esse livro! É um chick-lit super engraçado e que eu adoraria ter mais história para aproveitar!


2. Com certeza deveria ter um spin-off:
Sei que nem terminei de ler ainda, mas já queria para ontem um spin-off de Harry Potter. Acho que a autora tem um mundo fantástico nas mãos, e que poderia dar voz a vários personagens que a gente já se apegou... Isso porque já estou tendo um infarto quando acabar os livros e não ter nada para ler :/


3. Com certeza deveria escrever mais livros:
Kiera Cass, minha linda <3 Espero ansiosamente por uma nova série de se apaixonar...


4. Com certeza deveria ter terminado com alguém diferente:


Nas minhas leituras do mês passado, falei sobre esse livro e o tanto que não gostei dele. E talvez, se Fabiana, a protagonista, tivesse terminado com alguém diferente, eu teria gostado um pouco mais da história.


5. Com certeza deveria ter terminado diferente:


Caixa de Pássaros foi aquele livro que eu estava super empolgada, que teve um desenrolar muito bom, mas que acabou de um jeito decepcionante. Com certeza, deveria ter acabado de outra forma.


6. Com certeza deveria virar um filme:


Não poderia deixar um dos meus livros favoritos de fora, não é? Os livros do Nicholas, quase todos há viraram filme, então tenho uma esperança de apostarem nesse também. Ainda mais que tem uma ligação com Diário de uma Paixão <3


7. Com certeza deveria virar uma série de TV:

Como não li muitas séries ainda, não consegui pensar em nenhuma :/


8. Com certeza deveria ter somente um ponto de vista:
Volto para Escolhas. A autora coloca alguns capítulos com outro ponto de vista, e para mim foi mais para enfeitar do que para acrescentar a história. E nada verdade, não muda em nada minha opinião sobre a história.


9. Com certeza deveria ter uma capa diferente:

Na verdade, quase todos os livros do Nicholas mereciam uma capa diferente, mas essa é sem comparação :( Feia demaaais! Mas eu amo a história! <3


10. Com certeza deveria ter mantido das capas originais:
Outro que não consegui pensar haha.


11. Com certeza deveria ter parado no primeiro livro:

Por enquanto, nenhum! hehe


Era essa a tag pessoal, espero que vocês tenham gostado! Beijos <3

Crônica: Eu, você e as mudanças

terça-feira, 10 de maio de 2016



- Você mudou tanto.- disse ele

- Claro que não! Porque acha que eu mudei?-perguntei surpresa
.
- Não é a mesma. Antes você era tão otimista com as coisas, tão sonhadora. Eu amava isso em você.

- É mesmo?- falei, já com raiva do rumo que aquela conversa estava levando.

- Sim, por que? Por que você ficou assim?- disse ele me olhando bem fundo nos olhos.

- Por tudo. O tempo nos muda. As pessoas. As circunstâncias.

- Não concordo com você.

- Claro que não. Mas você também mudou, sabe disso não é?- perguntei sorrindo.

- Não. Acho que sou a mesma pessoa que você conheceu naquele parque.

- Nossa.- disse eu rindo.- Você realmente acredita nisso?

- Claro que sim, você não acha?

- Não. Acho que hoje, depois de todos esses anos, nós dois somos diferentes. Vivemos coisas. Aprendemos muito. Quem éramos a dois, três, quatro anos não existe mais. Somos duas pessoas, que mudam a cada dia, nem que seja um pouco. Ás vezes não percebemos as mudanças, outras vezes elas são tão drásticas, que até as pessoas percebem.

- Entendi. É pensando assim, concordo com você. Mas quero acrescentar que certas coisas nunca mudam.- disse ele me abraçando.

- Não, tudo muda. A diferença é que aquilo que é bom e verdadeiro, muda para algo maior. Já aquilo que não é, muda totalmente.- disse eu.

- Então, eu e você mudamos para algo maior?- disse ele sorrindo.

- Sim, há muito tempo.-disse eu, retribuindo o abraço.

Leituras do mês: Abril/2016

quinta-feira, 5 de maio de 2016

Oi gente, tudo bem com vocês?

Trago hoje o post com as minhas leituras do mês de Abril. Embora não tenha superado em quantidade, tive leituras agradáveis ( e outras não tão agradáveis), que vou compartilhar com vocês. Espero que gostem!


1- UM AMOR DE CINEMA- VICTORIA VAN TIEM



A minha primeira leitura do mês, veio para adocicar minhas leituras. Já fiz resenha aqui no blog, então quem quiser conferir ;) Mas, foi um livro bem leve, engraçado e muito açucarado. Adorei! <3


2- AS QUATRO ESTAÇÕES DA NOSSA VIDA- SILAS MALAFAIA


Minha segunda leitura foi de um livro cristão. Embora algumas partes tenham sido bem proveitosas, não consegui absorver muito do assunto, pois esperava uma coisa, quando o livro veio com outra proposta. Preferi o outro que li do mesmo autor no mês passado.


3- HARRY POTTER E O PRISIONEIRO DE AZKABAN- J.K ROWLING


Melhor leitura do mês. Melhor livro da série até agora. E cada vez que passa estou mais encantada com o mundo de HP.
Não consigo imaginar o que vai acontecer em cada livro, e quando acontece é sempre uma surpresa, mas esse sem sombra de dúvida é o meu favorito dos três. Não vejo a hora de começar o quarto <3


4- ESCOLHAS- CRISTINA VALORI


Como muitos sabem, sou estudantes de Letras no 3º semestre, e uma das minhas colegas de classe é a autora de Escolhas.


Prestigiei a minha colega e li o livro no mês de Abril, mas infelizmente não gostei da leitura.
Não consegui me conectar com a escrita da autora, e muito menos com a personagem. Todas as suas escolhas, na minha opinião foram egoístas, e isso não deixou que eu me envolvesse com a história. :/


5- EXTRAORDINÁRIO- R.J PALACIO


Aquela leitura que faz você se apaixonar. Que faz você refletir e repensar a sua vida, suas atitudes e escolhas. Extraordinário, foi ima leitura incrível. August é um protagonista maravilhoso, e o livro nos leva a pensar sobre diversas coisas. Tem resenha no blog e saiu essa semana ;) Confira com mais detalhes a minha opinião <3


Foram essas as minhas leituras, espero que tenham gostado e sigam as dicas das leituras que mais amei no mês! Beijos <3

Resenha: Extraordinário

terça-feira, 3 de maio de 2016



Sinopse (Skoob): O livro conta a história de Auggie, um menino que nasceu com uma síndrome genética cuja sequela é uma severa deformidade facial. Em um manifesto em favor da gentileza, ele enfrenta uma missão nada fácil quando começa a frequentar a escola pela primeira vez: convencer os colegas de que, apesar da aparência incomum, ele é um menino igual a todos os outros.






" Toda pessoa deveria ser aplaudida de pé pelo menos uma vez na vida, porque todos nós vencemos o mundo." Auggie
A primeira coisa que você tem que saber sobre esse livro é que ele é precioso, e que depois da leitura você é uma pessoa completamente diferente. Sabendo disso, rs, vamos as impressões gerais HAHA.

Extraordinário, conta a história do August, como vemos na sinopse, e o livro é rico em sutileza, e ao mesmo tempo traz mensagens grandes e importantes. São palavras, frases e estrofes que lemos sorrindo, ou muitas vezes chorando, e ainda com um aperto no coração, mas tudo isso te torna uma pessoa melhor.

O livro é narrado em primeira pessoa pelo August, mas também alterna a visão, para diversos personagens, o que foi muito rico para a história, pois podíamos ver como os outros personagens se sentiam, e assim nos colocamos no lugar de todos, sem julgamento, sem preconceito.
" ... Não precisamos dos olhos para amar, certo? Apenas sentimos dentro de nós. É só amor. E ninguém se esquece de quem ama."
Página 233
Me apaixonei pelo Auggie logo de começo, mas é incrível como isso também vai acontecendo com os outros personagens, mesmo os improváveis. Todos são muito ricos, todos tem uma versão, todos tem sentimentos e uma história para contar, o que deixou o livro cheio de espelhos, para refletir cada pedacinho de quem somos.

Amei a mensagem que ele traz, e como nos impele a sentir empatia pelas pessoas, porque se colocar no lugar do outro, talvez seja tudo o que precisamos para melhorar.

POR FAVOR, se vocês ainda não leram Extraordinário, LEIAM! É realmente incrível <3