Crônica: Melhores planos

terça-feira, 17 de novembro de 2015

Oi gente, tudo bem com vocês?

Em meio a tantos trabalhos, sentei em uma noite chuvosa, e coloquei a mente para funcionar. As palavras vieram. As frases se tornaram texto. E em um texto tem todo um sentimento para um final de ano corrido. Espero que curtem e se identifiquem. <3


Pés no chão. Pensamentos voando. É assim que me encontro agora, totalmente alheia ao que pode ou não acontecer.A vida tem passado depressa, mas as vezes o relógio para e a vejo como em uma câmera lenta e isso me traz tranquilidade. As vezes tudo o que preciso é desacelerar.

Quero um abraço apertado ao invés de uma mensagem rápida. Quero sorrisos ao vivo ao invés de somente ouvi-las pelas ondas sonoras no celular. Quero a realidade. Quero a simplicidade. Quero você.

Mas a vida não é um pedido Delivery, nem pura mágica. Ela é absurdamente real. E esses meus devaneios ficarão guardados dentro de mim, nem sei se um dias sairão do mundo dos sonhos. A vida é assim.

A hora voou. O relógio voltou a funcionar. Mando uma mensagem. Ouço suas risadas. Imagino seu abraço. Fecho os olhos com um aperto no peito, esperando o dia em que poderá ser real. O dia.

Chega de pensar. A hora continua passando. Você não sai dos meus planos. Você é meus melhores planos. Planejo uma vida.. E essa vida tem você, eu e o simples, que pode ser mirabolante se for com você.

Uma boa noite de sono. Amanhã: novos planos ( e todos incluem você).

2 comentários