Resenha: O lado feio do amor

terça-feira, 13 de outubro de 2015


Sinopse (Skoob): Quando Tate Collins se muda para o apartamento de seu irmão, Corbin, a fim de se dedicar ao mestrado em enfermagem, não imaginava conhecer o lado feio do amor. Um relacionamento onde companheirismo e cumplicidade não são prioridades. E o sexo parece ser o único objetivo. Mas Miles Archer, piloto de avião, vizinho e melhor amigo de Corbin, sabe ser persuasivo... apesar da armadura emocional que usa para esconder um passado de dor.O que Miles e Tate sentem não é amor à primeira vista, mas uma atração incontrolável. Em pouco tempo não conseguem mais resistir e se entregam ao desejo. O rapaz impõe duas regras: sem perguntas sobre o passado e sem esperanças para o futuro. Será um relacionamento casual. Eles têm a sintonia perfeita. Tate prometeu não se apaixonar. Mas vai descobrir que nenhuma regra é capaz de controlar o amor e o desejo.

Olá gente, tudo bem com vocês? <3

Hoje, trago uma resenha super especial!

Collen Hoover já está no meu coração, li Um caso Perdido no começo desde ano e me apaixonei ( livro da mesma autora e que farei uma resenha mais para frente), e então a Pam Gonçalves, que é minha Youtuber favorita, criou um projeto juntamente com a Bel, para discussão de livros, o "PamdeBel BookClub" , e o primeiro livro de discussão será O lado feio do amor. Estou participando do projeto e venho trazer minha opinião sobre esse livro que eu amei.

Os livros da Collen Hoover sempre são carregados de emoção, não tem como você não se envolver com os personagens. A leitura é fluída e eu o li em três dias, porque não tem como pensar em outra coisa até você concluir a história.

" Às vezes é fácil esquecer o quanto você sente saudade de alguém até ver essa pessoa novamente."

Página 33

A proposta do livro é muito boa, fiquei curiosa para saber qual era o outro lado do amor, o lado que não se vê em fotos, e que é pouco falado. Queria conhecer esse lado que fez Miles Archer abrir mão do amor. Como sabemos a relação de Tate e Miles é puramente física, o que traz no livro cenas BEM intensas, e tudo o que sabemos é que não dará certo.

" Às vezes seguir em frente é... a única maneira de seguir em frente."

Página 41

O livro traz além da narrativa que acontece atualmente, o passado de Miles. São nessas passagens que vamos descobrindo o que o fez abrir mão de tudo. O que arrancou seu espírito ( como diz o Cap, o senhorzinho mais fofo do mundo <3). Com isso a narrativa fica ainda mais envolvente. E também Collen narrou essas passagens como se fossem poemas, o que deixou a narrativa intensa e bonita.

>" E percebi... bem agora... que Deus nos dá a parte feia para que possamos dar valor à parte bonita da vida."

Página 148

Quando finalmente descobrimos o que houve, o nosso coração se quebra. Tudo faz sentido, e tudo o que queremos é tirar Miles de sua dor.

Tate sofre muito ao longo do livro, pois não entende as atitudes de Miles, e no começo nós também não entendemos, e até o odiamos um pouco, mas depois tudo o que nos resta é olhar para ele com dor. Enquanto lemos, sentimos junto sua dor. É incrível o poder de intensidade, chorei horrores.


" Sei que a ideia de confrontar o passado o deixa apavorado. É algo que apavora todo homem. Mas, às vezes, não é algo que fazemos por nós mesmos. É algo que fazemos pelas pessoas que amamos mais do que a nós mesmos."

Página 302

O final do livro é mais do que eu esperei, meio que compensa a dor que você sentiu ao longo da história.

Foi um livro que me ensinou, que podemos passar por cima de certa coisas para dar valor as partes boas. Que uma hora essa parte feia vai te alcançar, mas você também é forte o suficiente para enfrentá-la. E mais, a parte bonita do amor supera a dor, sempre. Pode demorar um pouco, mas você vai querer sentir o que o amor perfeito causa em você.

" São os momentos bonitos como esse que fazem valer a pena o amor feio."

Página 332

Era isso gente, espero que tenham gostado. LEIAM ESSE LIVRO O MAIS RÁPIDO POSSÍVEL, garanto que vão gostar muito! <3

Beijos

Nenhum comentário

Postar um comentário